O dia em que conheci a Verdade!

abril 09, 2012 1 Comentários A+ a-


Lembro-me do dia em que cheguei naquele vale. Não tinha sido um dia diferente dos outros e nem poderia imaginar o que estava prestes a acontecer comigo e com a minha vida. Até então, era só mais um dia! As mesmas músicas, os mesmos pensamentos, as mesmas frustrações... a mesma falta de objetivo! 

Era uma noite ainda do primeiro semestre de 2001, quando na faculdade resolvi matar a última aula, sentada a margem da quadra poliesportiva, só pra ficar pensando no que fazer da vida. Não! Eu não tinha nenhum problema com família, drogas, bebidas, doenças, nada disso... só também não poderia dizer que eu era feliz! Sentia sempre no coração um vazio, uma rejeição que me corroía e me levava a pensar na vida de forma negativa, mesmo cercada com os cuidados daqueles que me amavam. Meu refúgio era escrever e escrever até me sentir aliviada.

Até naquele momento, só tinha uma coisa que me movia: a paixão de conhecer e estudar a língua inglesa mais a fundo, e o momento em que partiria para morar fora do Brasil e experimentar tudo aquilo que estava aprendendo. Este era meu sonho! Dia e noite pensava nisso! Mas não era isso que Deus estava pensando... Por falar em Deus, sempre fui do tipo de conversar com Ele, mesmo sem saber que Ele me ouvia, e me acompanhava... engraçado isso mas eu conversava com Ele como alguém que conversa com seu 'amigo imaginável'; eram looongos monólogos com Ele. Sua Palavra também sempre me atraiu, principalmente o livro de Apocalipse; um livro bem compatível com a minha mente fértil. Posso dizer que Ele me cercou desde do princípio, assim como Salmos 22:10, colocando a minha volta seus servos para me conduzirem a Verdade, e Esta eu encontrei naquela noite.

Sentada, com meu pensamento longe, aguardando minha condução chegar para ir para casa, um servo de Deus se aproximou de mim e começou a conversar comigo sobre a vontade de Deus para minha vida e minha família. Algo no olhar daquele senhor me capturava e não me deixava desviar a atenção de suas palavras. Uma sensação muito estranha foi tomando conta de mim, e eu não sabia definir o que estava acontecendo, mas fiquei extremamente chocada com a forma daquele senhor me revelar segredos que estavam acontecendo com a minha família e que ninguém sabia! "Como Ele sabe isso sobre meu irmão?"; "Como Ele sabe que eu tenho um irmão?" O próprio Deus falou comigo! Eu já havia falado tanto com Ele... agora Ele falou comigo! Eu O ouvi! Ele estava alí!

Dentro da van, retornando para casa, era simplesmente impossível segurar o choro, interromper o turbilhão de pensamentos e sentimentos que cruzavam a minha mente e coração naquele momento e a sensação de êxtase ao relembrar aquelas palavras! "Meu Deeeeusss, você falou comigo!!!! Você REALMENTE existe". Eu não somente me converti. Eu morri! mas nasci de novo!

Comecei então, minha caminhada pelo vale da decisão. Nada mais foi o mesmo depois daquele encontro. Meus sentimentos e pensamentos começaram a mudar ao ler a Palavra da Verdade. Comecei então a ouvir a voz do Espírito Santo. Ele começou a falar comigo, e foi me levando a uma nova direção de vida. Um novo destino Ele me apresentou, e em nada parecia com o destino que eu havia traçado para mim. Não eram mais longos monólogos, e sim longos diálogos. 

A revelação da cruz de Jesus foi me enchendo de vida, de alegria, de paz, de tudo o que eu não tinha e de tudo o que eu não era. A transformação em uma nova criatura, como 2 Coríntios 5:17, deu início na minha vida com previsão de término somente na volta deste Senhor, que me viu sentada na janela do  meu quarto escuro, olhando para o alto na expectativa de Alguém Maior me ouvir, me suprir, me amar, me entender e me dar um sentido para esta vida passageira.. 

Ele me ouviu. Olhe para o alto. Ele também ouve VOCÊ.

1 comentários:

Deixe seus comentários
4 de maio de 2016 20:36 delete

Que lindooo .Deus faz obra

Resposta
avatar