Meu Abacateiro

março 09, 2016 1 Comentários A+ a-


É maravilhoso como Deus nos ensina sobre tudo nas pequenas coisas do dia a dia, não é mesmo?

Lá no quintal de casa tenho um abacateiro que por várias vezes tem sido minha companhia nos cafés da manhã. Costumo sentar no último degrau da escada, com uma caneca de achocolatado, um pires com torradas ou rosquinhas (agora com um gato do lado!) e ficar observando o vento balançar as folhas verdinhas do abacateiro, contrastando com o azul do céu e o amarelado do sol - esta cena é tão viva em minha mente como a tela deste computador!

E dentre muitas coisas que o Espírito Santo já falou ao meu coração nestes cafés da manhã durante vislumbro esta cena, uma delas foi:

"Assim, pelos frutos vocês os reconhecerão"
Mateus 7.20

Neste capítulo de Mateus especialmente, Jesus adverte seus seguidores acerca dos falsos profetas, que sorrateiramente se inserem no meio do povo vestidos de ovelhas, mas por dentro são verdadeiros lobos com sede de destruição, movidos por torpe ganância, buscando a própria satisfação, mas o Mestre abre os olhos de seus seguidores lembrando-os que estes falsos profetas poderiam ser pegos "no flagra", pois os seus frutos os denunciariam.

Não quero me deter, neste post, sobre os falsos profetas em si, mas quero chamar a nossa atenção para a nossa própria vida e o tipo de fruto que ela tem dado.

Infelizmente este ano não será de muita colheita lá no meu abacateiro. Como 2014 foi um ano de muita estiagem aqui no estado do Espírito Santo, até agora não vejo frutos bons no pé, muito diferente de anos anteriores quando ele foi um excelente abacateiro! Tantos frutos gerados que era preciso dar para vizinhos, familiares e amigos para que não se perdessem!

Olhando para nossa vida, como anda os nossos frutos como homens, mulheres, jovens e adolescentes cristãos?

Diferente da minha expectativa com meu abacateiro, de forma alguma o fruto que Jesus pede para nós está relacionado a quantidade, mas sim a QUALIDADE! Não importa o tanto de coisas que estou fazendo para Cristo, mas sim a qualidade com que estou fazendo - Ele conhece todas as nossas motivações! Ele sabe exatamente aonde queremos chegar! Ele sabe inclusive se Ele nos chamou a fazer aquela obra, ou NÃO, e se estamos insistindo por pura obstinação!

Quando entendemos que Deus espera de nós um fruto de QUALIDADE e não quantidade, lembramos que o conhecimento de Cristo é importante, mas o RECONHECIMENTO de Cristo em nós é essencial! Quantas pessoas se orgulham de já "estarem" 30 anos na igreja, mas a quanto tempo será que ele(a) É igreja? Quantos dizem que já conhecem muito da Bíblia, mas o quanto da Bíblia se reconhece nele(a)?

"Dêem fruto que mostre o arrependimento!
Mateus 3.8

Nossa vida é um fruto que mostra arrependimento?
Nossas conversas nas redes sociais é um fruto que mostra uma vida de arrependimento?
Nossas roupas (mulheres!) é um fruto que mostra uma vida de arrependimento?
Nossas palavras e atitudes (homens!) é um fruto que mostra uma vida de arrependimento?
Nossos namoros (jovens!) é um fruto que mostra uma vida de arrependimento?

Que você possa dar fruto que mostre ao Senhor que você se arrependeu de uma vida de pecados e que agora você dê (ou continue dando) frutos bons que mostrem ao mundo que você está enxertado na Videira verdadeira (Romanos 11.19)

1 comentários:

Deixe seus comentários
11 de março de 2016 13:56 delete

Excelente Post!! Infelizmente estamos em uma geração que esta preocupada com quais ganhos poderão ter na vida terrena,esquecendo que o maior milagre, a maior benção é a Salvação!
http://ahoraechegada.blogspot.com.br/
"Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda.
João 15:1-2

Resposta
avatar