O Preço da Páscoa

março 25, 2016 2 Comentários A+ a-


É chegada a época mais doce do ano!!!!! Será?

Ontem, andando pelo shopping com meu esposo, pude ver a reação das pessoas frente ao feriado da Páscoa – crianças contemplando com olhinhos brilhantes os vários ovos de chocolate expostos nas vitrines, algumas esticando bracinhos na expectativa de ganhar um daqueles brinquedinhos suspensos nas araras, enquanto os adultos calculavam o valor que tudo aquilo iria lhes custar. Em meio a todo aquele cenário refleti rapidamente no valor que a Páscoa teria para mim e para aquelas pessoas... e para você? Qual o valor que a Páscoa tem?

Para alguns, a Páscoa custa R$19,90 – o valor mínimo de um ovo de 75g, ou pode custar muito mais que R$400,00 pagos por um fino chocolate belga, mas para outros, a Páscoa custa o sangue de um homem inocente, pendurado em um madeiro, com pregos em suas mãos e pés, pagando o preço pelos pecados que não cometeu. Forte, não é mesmo? Mas é a realidade!

“Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados” 
Isaías 53.5

Avalie o preço incalculável pago por Jesus para que eu e você tivéssemos hoje a paz para comemorar a Páscoa com tanta doçura.

No início Ele estava lá, criando a humanidade com suas grandes mãos, derramando sobre ela a sua essência, soprando nela seu fôlego de vida e gerando em si uma enorme expectativa de ter para si um povo que o adorasse e em unidade vivesse com Ele, mas a decisão desta humanidade foi viver dissolutamente, errante em seus caminhos e alheios a vontade de Seu Deus. Rompeu-se então a unidade com Este que é a VIDA (João 6.48).

E como continuar vivendo fora DESTE que é a própria vida? Não havia solução para a humanidade pecadora a não ser a própria extinção, uma vez que a VIDA não estava mais nela só restaria a morte eterna, mas foi aí que a graça salvadora de Deus entrou em ação:

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” João 3.16

Por seu atributo de justiça, Deus simplesmente poderia ter escolhido desfazer a obra da criação, mas Ele preferiu se entregar e pagar o preço da nossa restauração. Ele escolheu trocar o céu pela terra, nascer em forma de um frágil menino a governar as hostes celestiais, crescer em meio a pecadores a caminhar entre os querubins, ser caluniado pelos religiosos a ser adorado pelos anjos, ele escolheu MORRER a viver na plenitude de sua eternidade. Não houve absolutamente nada que Jesus não tenha aberto mão para se tornar a NOSSA PÁSCOA!

Ele derramou seu sangue do alto de uma cruz para fazer valer a justiça de Deus (Romanos 5.18). Ele soprou seu último fôlego de vida para que vida em abundancia chegasse a nós (João 10.10). Ele ressuscitou ao terceiro dia para que nós juntamente com Ele venhamos ressuscitar após esta breve vida aqui (I Coríntios 6.14)!

Este é o valor da Páscoa! Imensurável, incalculável, profundo e indescritível. Não a limite aos preços de ovos, chocolates e brinquedinhos! Reconheça que para termos uma doce Páscoa hoje Jesus experimentou uma amarga morte em nosso lugar!  Reconheça o que Cristo fez pela sua vida e erga a Ele uma oração de gratidão, crendo no milagre da Páscoa que nos salvou de uma vida sem Deus, sem amor, sem a graça e a esperança divina. Sem esta consciência e atitude de adoração não há Páscoa!

Te agradecemos JESUS por tal ato de amor por nós e te louvaremos para sempre!

2 comentários

Deixe seus comentários
25 de março de 2016 15:21 delete

PARABÉNS PELO BLOG, IRMÃ LAINY QUE O SENHOR TE ABENÇOE RICAMENTE

Resposta
avatar
25 de março de 2016 23:21 delete

Infelizmente ate mesmo cristãos estando perdendo a essência da vida crista ... tendo uma visão horizontal da vida olhando só o que esta aqui, ao contrario temos que ter uma visão vertical olhando para o que nosso Deus planejou para nós.
Ótimo Post
http://ahoraechegada.blogspot.com.br/
Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei.
João 16:7

Resposta
avatar