Onde está a honra?

março 16, 2016 14 Comentários A+ a-



"O filho honra seu pai, e o servo o seu senhor. Se eu sou pai, onde está a honra que me é devida? Se eu sou senhor, onde está o temor que me devem? "


Não que eu seja velha (tenho só 34 anos! rs) mas às vezes penso que pertenci a última geração de filhos que tinham a habilidade de ler o olhar dos pais. Só pela forma de olhar era possível saber o que meu pai ou minha mãe queria e se eles estavam aprovando ou reprovando minhas atitudes; respondê-los de forma rude ou afrontosa então, nem pensar! A palavra final definitivamente era deles! No máximo que eu poderia fazer ao não concordar com alguma de suas posições, era correr para o meu quarto ou para o banheiro para chorar. Sim! Eles me deram muuuito amor, e todo suporte que precisei e ainda preciso, mas a honra e o temor deveriam e ainda devem ser mantidos querendo eu ou não. 

Estudando o livro de Malaquias nos deparamos com alguns questionamentos muito peculiares de Deus para os sacerdotes e para o seu povo, dentre eles: "Se eu sou pai, onde está a honra que me é devida?"

Honrar aos pais era um dos mandamentos que todo Israel já conhecia profundamente (Ex.20.12) e uma promessa muito especial era concedida no cumprimento dela: vida prolongada sobre a terra; mas Israel não honrou a Deus como pai. 

Assim como um pai se sente profundamente constrangido e desonrado ao ver seu filho descumprindo suas ordens e orientações, Deus demonstrou seu constrangimento e insatisfação ao ver seus filhos agindo de forma vergonhosa e profana ao quebrar seus mandamentos e seguir por caminhos proibidos, tais como a idolatria, casamentos e alianças com outros povos, divórcios, ingratidão para com a eleição e provisão de Deus, injustiça social, e tantas outras atitudes desonrosas que de forma alguma revelava a paternidade de Deus sobre eles.

Israel vivia de forma contrária aos mandamentos de Deus, mostrando rebeldia e um nível tão profundo de desapego com o Deus Pai, que foram capazes de ironicamente perguntar ao Senhor: "De que maneira temos desprezado o teu nome? De que maneira te desonramos?" Ora, um filho com um mínimo de conhecimento do caráter e da personalidade de seu pai, sabe exatamente quando ele está triste ou contente e sabe identificar o porquê! Mas Israel estava longe demais de seu Pai e dos seus caminhos para voltar arrependido de seus pecados, mas Deus com Sua imensa graça e misericórdia, mesmo com palavras duras, pacientemente responde ao povo e fala o que desagradava o seu coração:

"Trazendo comida impura ao meu altar... Ao dizerem que a mesa do Senhor é desprezível
Na hora de trazerem animais cegos para sacrificar, vocês não veem mal algum..."
(1.7,8)

Israel e seus sacerdotes já não se importavam mais em como estavam vivendo diante de Deus e o que estavam oferecendo para Ele em seus cultos sacrificiais - não havia mais obediência aos preceitos de Deus e por isso qualquer tipo de animal era oferecido ao Senhor, qualquer pão era colocado sobre sua mesa e para piorar, seus corações estavam cheios de desprezo para com tudo aquilo!

Dá pra imaginar Deus olhando para tudo aquilo? Ele diz então: "Tentem oferecer estes animais de presente ao governador! Será que ele se agradará de vocês? Será que os atenderá?" (1.8)

Se vamos a uma festa, sempre compramos um presente novinho para dar, não é mesmo? Por que não damos alguma coisa já usada? Por que entendemos que aquele aniversariante merece O MELHOR! O que nos leva a pensar que podemos oferecer qualquer coisa para Deus? Qualquer tempo, qualquer adoração, qualquer palavra, qualquer atitude, qualquer tipo de vida! Já ouvi várias vezes a frase "É para Deus! Ele aceita! O que vale é a intenção".

A palavra de Deus através do profeta Malaquias nos confronta, nos chama a responsabilidade e nos mostra que viver uma vida na condição de filho de Deus requer uma obediência que honre fielmente a DEUS como PAI, de forma que gere em nossos corações TEMOR, nos levando a reverenciá-lO como SENHOR!

De forma alguma a paternidade de Deus nos dá liberdade para desreitá-lO, desonrá-lO, prestar a Ele qualquer tipo de culto ou mesmo viver qualquer tipo de vida! ELE É SENHOR e é nesta visão de senhorio que desenvolvemos nossa filiação para com Ele e nos achegamos a Ele com ações de graça, dando a Ele o louvor e honra que lhE são devidos!

14 comentários

Deixe seus comentários
16 de março de 2016 14:04 delete

Excelente Post!!A obediência está ligado ao amor. Se amamos a Deus, vamos obedecer os Seus mandamentos, a desobediência gera problemas para humanidade, como voce colocou em relação aos nossos pais, quando uma criança ou jovem desobedece seus pais por "n" motivos possivelmente eles estão levando para si problemas futuros. igualmente nos como criação se começarmos a desobedecer a Deus vamos gerar para nos problemas.
http://ahoraechegada.blogspot.com.br/
"Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos.
João 14:15
Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando vocês mesmos.
Tiago 1:22

Resposta
avatar
17 de março de 2016 14:58 delete

Um filho sempre mostra o DNA do seu pai.
Aquele que se diz filho de Deus deve seguir a sua palavra e os seus mandamentos.
Ótimo post. :)

Resposta
avatar
4 de setembro de 2016 19:09 delete

Nossa, realmente muito bom chamar a atenção para esse assunto, Deus é Deus é merece toda honra, toda Glória, mas também o respeito, o temor e indispensávelmemte o nosso amor de filho para com Ele, um filho que ama e respeita agrada seu Pai.

Muito bom o seu post, realmente edificante que Deus venha te abençoar minha flor !

Um enorme beijo❤

www.luanaclaudiablog.wordpress.com

Resposta
avatar
5 de setembro de 2016 14:37 delete

Linda reflexão, a Bíblia é bem enfática quando diz que o filho ouve a voz do seu pai, portanto se realmente somos filhos legítimos de Deus, iremos com toda certeza ouvir e fazer a sua vontade.

http://espacogospelblog1.blogspot.com.br/

Resposta
avatar
blogamay
Autora
5 de setembro de 2016 19:10 delete

Quão verdadeiro é seu post, como precisamos ler isso todos os dias, palavras fortes, porém, precisas. Ainda mais na atualidade, onde vemos tanto desrespeito aos pais, sobretudo, daqueles que estão distantes de Deus, pois Deus é amor e o respeito é consequência.

blogamay.wordpress.com

:)

Resposta
avatar
5 de setembro de 2016 20:00 delete

Pura verdade! A nossa geração tem perdido muita coisa por não responder aos princípios do Reino.
A honra é um desafio, faz parte de matar o nosso eu e deixar o caráter de Cristo ser formado. Eu quero ter um coração que honra ao Pai!
sobrearocha.com

Resposta
avatar
6 de setembro de 2016 19:44 delete

Glória a Deus por essa postagem estava falando ontem sobre algo parecido. Devemos nos entregar por amor e sinceridade a Deus e sim obedecê-Lo alegrando o seu coração. Que o Senhor te use semre!

Resposta
avatar
Gleise Caires
Autora
7 de setembro de 2016 18:08 delete

Lainy,Lainy...parece até que o coração vai parar quando nos deparamoa com uma palavra dessas! Ainda bem que Deus é misericordioso,pq o ser humano é muito falho em honrá-lo!Que essa sua palavra abra os olhos de muitas pessoas em relação à honra à Deus!!

Resposta
avatar
7 de setembro de 2016 19:23 delete

Que post maravihooooso Lainy! Respeito aos pais é algo que que prezo muito, e se tratando do Deus Pai, mais ainda. É triste ver que muitas pessoas não tratam o Senhor como um amigo, e muito menos como um pai, mas como um Deus qualquer, oferecendo migalhas de atenção. Obediência e respeito é o mínimo que devemos ao Senhor por tudo o que ele nos proporciona diariamente. Bjinhos!!

PAPO DE GAROTA CRISTÃ
www.sarahcristinny.com

Resposta
avatar
9 de setembro de 2016 01:09 delete

Linda reflexão, nós devemos mesmo obediência a Deus é a nossos pais, infelizmente nos dias de hj muitos tem perdido essa noção 😙

Resposta
avatar
Denise Santos
Autora
9 de setembro de 2016 13:58 delete

Bela palavras, quem ama o pai deve seguir a sua palavra e viver de acordo. pelo post. bjus

Resposta
avatar
10 de setembro de 2016 14:32 delete

Muito bom, me fez refletir na minha vida, as vezes fazemos de tudo para dar o nosso melhor na faculdade, no blog, em algo que a gente gosta de fazer, um hobby, mas e a nossa vida com Deus, será que estamos dando o nosso melhor a Ele?! Belo post, obrigada ❤

Resposta
avatar
14 de setembro de 2016 11:22 delete

Eu também fui criada assim... Até hoje minha com minha mãe nem precisa a gente falar nada não importa o assunto que já sabemos o que uma de nós queremos falar. A uma comunicação visual, e um respeito e honra muito grande.
http://deniservdede.blogspot.com.br/

Resposta
avatar