Uns aos Outros

junho 13, 2016 15 Comentários A+ a-


Você já parou para pensar nesta máxima que rege o Reino de Deus e a Sua Igreja? Reciprocidade: um estado ou qualidade de exercer uma cooperação mútua, isto é, o ato de corresponder ao outro o mesmo valor/princípio com que este fora abordado; tratado. Mas o que isto de fato significa?

Poderíamos perfeitamente substituir esta palavra não tão habitual pela expressão mais popular: “uns aos outros”. Para entendermos melhor sobre este pilar do evangelho de Cristo, é necessário lembrarmos como Jesus estabeleceu Seu Reino e o que Ele espera de nós como cristãos e como Sua Igreja.
Quando pensamos em reciprocidade no Reino de Deus, voltamos para o início da pregação do evangelho para entender qual teria sido a proposta de vida que Jesus estaria trazendo para a humanidade, e uma das primeiras revelações que encontramos é acerca da paternidade de Deus:

Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; João 1:12

Esta é a nossa realidade hoje: Somos filhos de Deus; entretanto, não fora assim no princípio. No sistema da Velha Aliança, Deus se comunicou com Seu povo em uma relação divina, porém não paternal, de forma que para Israel, Deus era Deus mas Abraão que era considerado o pai (João 8.39).

Ao revelar Deus como Pai, Jesus traz para Israel e para todos nós uma nova realidade na qual iríamos começar a nossa caminhada: viveríamos agora como Filhos de Deus – mas para que isso fosse possível, uma nova revelação deveria ser exposta: Se Deus é pai, logo somos filhos, consequentemente vivemos agora TODOS em um relacionamento familiar, e é exatamente neste momento que a reciprocidade deve atuar, trazendo cooperação mútua entre os integrantes desta enorme família de Deus, também manifesta em Sua Igreja, espalhada mundo afora.

Deus por ser um Ser Familiar (Pai, Filho e Espírito Santo) não poderia mesmo criar um outro sistema de governo e de relacionamento para o Seu povo/Igreja a não ser o Familiar – Deus fez questão de chamar Jesus de Filho (Marcos 1.11); Jesus fez questão de dizer que Deus era Seu Pai (João 10.30) e que nada fazia sem saber o que o Pai estava fazendo (João 5.19); Jesus ordenou a todos os seus discípulos que se considerassem como irmãos e que ninguém se considerasse maior do que ninguém (Mateus 23.8) e quando esta proposta de governo familiar parecia que seria interrompida por causa da ascensão  de Jesus, o irmão mais velho e a personificação do Pai na terra, Ele derramou sobre toda a carne o Seu Espírito Santo com a linda função de consolar, unificar esta grande família e continuar adotando para Deus filhos amados, gerando em nós o clamor que nos une: Aba Pai! (Gálatas 4.5,6); ademais, Jesus fora estabelecido sobre a Igreja como Cabeça (Efésios 5.23) nos dando Sua própria mente (I Co 2.16) e se tornando assim nosso exemplo máximo de reciprocidade.

Ser recíproco! Não haveria realmente nenhuma possibilidade de unir povos de todas as tribos, línguas e nações, de tantas culturas e gerações, dentro de um mesmo reino, em um vínculo familiar, sem que esta máxima “uns aos outros” governasse nossas mentes, vidas e atitudes e nos fizesse enxergar o próximo como nosso irmão, independente de tudo o que nos difere uns dos outros.

E é sobre o fundamento da reciprocidade que Jesus estabelece Seu Reino de amor e justiça, esperando de nós e nos orientando a:

ü  Amar uns aos outros. João 15.17
ü  Preferir em honra uns aos outros. Romanos 12.10
ü  Se sujeitar uns aos outros no temor de Deus. Efésios 5.21
ü  Consolar uns aos outros com estas palavras. I Tessalonicenses 4.18
ü  Confessar as nossas culpas uns aos outros, e orar uns pelos outros. Tiago 5.16
ü  Exortar uns aos outros e edificar uns aos outros. I Tessalonicenses 5.11
ü  Considerar uns aos outros para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Hebreus 10.24
ü  Apoiar uns aos outros e perdoar uns aos outros. Colossenses 3.13
ü  Receber uns aos outros como também Cristo nos recebeu para glória de Deus. Romanos 15.7
ü  Ser uns para com os outros benignos, misericordiosos. Efésios 4.32
ü  Levar as cargas uns dos outros. Gálatas 6.2
ü  Ser hospitaleiros uns para com os outros, sem murmurações. I Pedro 4.9
ü  Não julgar mais uns aos outros; antes seja o nosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão. Romanos 14.13
ü  Aconselhar uns aos outros por meio da bondade e conhecimento. Romanos 15.14
ü  Lavar os pés uns dos outros. João 13.14
ü  Servir uns aos outros pelo amor. Gálatas 5.13
üEnsinar e aconselhar uns aos outros por meio da palavra de Cristo que habita em nós abundantemente, em toda a sabedoria, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em nosso coração. Colossenses 3.16

Ser recíproco não é uma opção para os filhos de Deus, mas uma característica relevante e incondicional que flui de um temente coração que deseja ser como o maior modelo de reciprocidade conhecido: Jesus!

Seja recíproco e estabeleça os valores do Reino de Deus em sua vida e em seus relacionamentos!

15 comentários

Deixe seus comentários
GLEISE CAIRES
Autora
13 de junho de 2016 17:23 delete

Lainy...que palavra! Deus continue te usando assim!
Deus tem me tocado muito em relação ao amor ao próximo, Ele tem me despertado para um comportamento cristão que ame acima de tudo, e essa palavra veio complementar tudo que tenho aprendido nos últimos dias,fico tao feliz! Deus esta me ensinando e vc é instrumento Dele! Deus te abençoe! Bjs

Resposta
avatar
Lainy Anselmo
Autora
13 de junho de 2016 17:49 delete

Glória a Deus amada Gleise! Que Ele continue gerando em seu coração ainda mais reciprocidade, alcançando todos a sua volta com os valores do Reino de Deus! Grande bjo minha linda!

Resposta
avatar
Tamires b.
Autora
13 de junho de 2016 20:26 delete

wow que mensagem mais linda!!! essas passagens da bíblia vou ate postar no meu face. Pois essa semana foi uma semana de muita tristeza aqui nos EUA devido a falta de amor e respeito ao proximo mais de 50 vidas foram tiradas. Deus abençoe pela mensagem.

www.fromsampatoboston.net

Resposta
avatar
Lainy Anselmo
Autora
14 de junho de 2016 16:23 delete

A falta de amor ao próximo tem realmente abalado nossa sociedade Tamires... fico pensando aonde vamos parar!! Foi terrível mesmo saber do que ouve na boate aí nos EUA! Quanta falta de amor! Que Deus te abençoe e te use para espalhar este amor e todos os valores do Reino de Deus por onde você passar! Grande bjo!!

Resposta
avatar
15 de junho de 2016 17:32 delete

É isso mesmo, somos a grande família de Deus e devemos, como assim sendo, amar, ajudar e respeitar uns aos outros. Jesus nos disse "assim como eu vos fiz façais voz também" Ele nos deu exemplo de reciprocidade em tudo.
Amei a mensagem!
Filha do Rei | Larisse Design: Seu blog de carinha nova é aqui!

Resposta
avatar
Debora Brazil
Autora
15 de junho de 2016 17:33 delete

Oi Lainy!! Acabei de conhecer seu blog. É um trabalho bonito continue!
O mundo precisa é disso <3

Beijos, Debi

Lainy gostaria de te ver também no meu blog! Seguindo, comentando! Será bem vinda.
Se quiser, pode se inscrever no Canal do Youtube também. bjus

Resposta
avatar
15 de junho de 2016 20:19 delete

Que post edificante Lainy. Seria maravilhoso se todos entendessem e vivessem a reciprocidade, porque é algo que faz toda a diferença no meio da igreja, e fora também. Super abraço!!

PAPO DE GAROTA CRISTÃ
www.sarahcristinny.com

Resposta
avatar
Gabriele
Autora
14 de julho de 2016 14:17 delete

Que palavra edificante!!!

Deus continue lhe abençoando, bjs!

www.umaloucaporjesuscristo.com

Resposta
avatar
Janaina Souza
Autora
21 de setembro de 2016 15:09 delete

Uauuuu que artigo e que despertamento 💕😍💕

Resposta
avatar
blogamay
Autora
21 de setembro de 2016 21:47 delete

Lainy você arrasa demais!!! Linda reflexão, precisamos nos atentar mais ao nosso próximo como a nós mesmos, com verdade e amor, decidirmos ser um pouco do que Jesus é, diariamente. Até quando não nos tratam como gostaríamos, que tenhamos só amor para oferecer, pois só amor iremos colher.

blogamay.wordpress.com

Resposta
avatar
crhistine
Autora
21 de setembro de 2016 22:01 delete

Se as pessoas seguissem pelo menos o mandamento de amar um ao outro como deus nos ama o mundo seria um lugar melhor. Bjs christine-blogdosligados.blogspot.com

Resposta
avatar
22 de setembro de 2016 01:49 delete

Apoiar uns aos outros e perdoar uns aos outros. Colossenses 3.13
Me chamou atenção esse versículo, e muitos estão esquecendo de fazer. amei tudo que vc expôs 😘

Resposta
avatar
22 de setembro de 2016 19:06 delete

Que mensagem lindaa, que sejamos amor e reciprocidade. Deus te encha a cada dia do Seu Espírito.

Resposta
avatar
22 de setembro de 2016 19:14 delete

O amor ao próximo é o segundo mandamento, portanto é muito importante e tem que fazer parte da vida do cristão.

espacogospelblog1.blogspot

Resposta
avatar
Denise Santos
Autora
23 de setembro de 2016 16:03 delete

Que palavra linda, que Deus continue te abençoando, todo amor é reciproco.

Resposta
avatar